Equipe Central do CDL se renova. Na última reunião da Equipe Central do CDL, no dia 1 de junho, iniciou-se um processo de renovação da equipe. Na foto, primeira fila: Kelly (Região Belém), Rhuan (Diocese São Miguel), Thaís (CCJ), Fernando (Região Brasilândia); segunda fila: Velardo (Diocese Mogi das Cruzes), Jairo (Região Brasilândia), Cardoso (Diocese Mogi das Cruzes), Pe. Jorge Boran (CCJ). Ausentes: Pe. Elson Lopes (CCJ) e Saulo (Região Lapa).

Para facilitar uma transição que garanta a continuidade foram definidos os seguintes pontos:

Objetivo da Equipe Central

“Promover a formação integral e o processo de educação na fé, formando lideranças juvenis comprometidas com a transformação e renovação da Igreja e da sociedade”

Características dos Membros:

• Acreditar na proposta do CDL

• Ter vínculo com a igreja / trabalho pastoral, podendo ir além do campo da juventude (movimentos sociais, CEBs, MST…)

• Ligação com a comunidade de base

• Foco na cidade de São Paulo e dioceses vizinhas, considerando a disponibilidade de tempo e locomoção.

• Ser uma pessoa com maturidade pessoal e espiritual

• Ter fé em Jesus Cristo e no evangelho

• Habilidade (potencial ou desenvolvida) para acompanhamento sistemático de pessoas e grupos

• Ter a habilidade de construir pontes com as bases

• Ser aberto ao diálogo e à aprendizagem (construção coletiva)

• Ter habilidade e experiência no trabalho em equipe

• Ter olhar de semeador: formação de pessoas, resultados a longo prazo, multiplicação dos CDLs

• É desejável que se tenha experiências em áreas específicas (como comunicação, mídias sociais, por exemplo)

 

Prazo de Mandato:

– 3 anos (com possibilidade de prorrogação por mais um ano, de acordo com as responsabilidades, necessidades da equipe e formação de novos membros).
• 6 meses antes da saída (2 anos e meio) inicia-se um processo de substituição e acompanhamento, indicando-se um novo membro juntamente à equipe e integrando-o à missão.
• Há possibilidade de flexibilização pontual, discutindo-se caso a caso.
• Coordenação: 2 anos, com eleição direta ao final do prazo.