Pela primeira vez aconteceu o CDL em Barretos! O Setor Diocesano da Juventude promoveu entre os dias 06 e 08, na Casa de Encontros e Retiros Dom Antônio Mucciolo, na Cidade de Maria, um Curso de Dinâmica para Líderes (CDL) – 1º Nível com 50 participantes.

Através das ferramentas pedagógicas do CDL que incentivam o protagonismo, os jovens desenvolvem habilidades de liderança, comunicação, trabalho em equipe, autoconhecimento, autoestima, consciência crítica, conhecem uma mística que motiva a perseverança em momentos de desafios, além de assumirem o compromisso de tornar-se agente de transformação social.

 

O bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior, presidiu a missa de compromisso e disse que o CDL era uma oportunidade de crescimento pessoal e amadurecimento cristão.

“Com certeza, vocês jovens estão agora capacitados para serem multiplicadores do que aqui aprenderam e vivenciaram. Vocês jovens conseguem atingir e chegar a outros jovens que nós, às vezes, não conseguimos. A igreja precisa de vocês!”, afirmou o prelado.

O curso teve a assessoria do padre Jorge Boran, sacerdote da Congregação do Espírito Santo. O presbítero é especialista internacional na área de capacitação de líderes e Pastoral da Juventude, doutor na área de liderança comunitária pela Universidade de Fordham (EUA), autor de importantes livros sobre a juventude em português, inglês, espanhol, alemão e ucraniano.

A formação contou ainda com a assessoria de Thiago Cardoso de Souza, Coordenador da Equipe do CDL Brasil que é bacharel em Ciências da Computação e Tecnólogo em Gestão Empresarial, militante pela Pastoral da Juventude e vice-presidente do Conselho Municipal de Juventude em Mogi das Cruzes/SP.

A equipe de estrutura e aplicação do CDL contou com os seminaristas Carlos Moni e Roger Carmanhan e as jovens Maria Angélica e Lauriane Torres da Paróquia São José de Morro Agudo. Os quatro já haviam cursado o CDL Nacional em São Paulo.

Na avaliação do assessor do Setor Juventude, padre Emerson Silva:

“O resultado do CDL na diocese é a consequência de um trabalho com planejamento e objetivos definidos: fazer os jovens protagonistas de sua história e de uma nova sociedade. Neste sentido, foi extremamente positivo, pois a participação foi muito ativa e os jovens saíram mais capacitados para a missão”.

Para conferir todas as fotos clique aqui